sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Oitavo Sarau da Confraria da Poesia Informal

Realizado no Estudio S de Música, nossa casa, o Oitavo Sarau teve alguns momentos muito especiais.
Comemoramos o primeiro aniversário da CPI nele, assim como o lançamento do meu livro de poesias Intensa.
Tentamos fazer uma decoração folclórica e estreiamos nosso projeto "Colcha de Poemas", plagiado das amigas de Porto Alegre, com permissão de Zaira Cantarelli.
Recebemos os confrades Greg J G Poeta de Alma (SP), Maria do Carmo Bomfim, Sérgio Gerônimo e Mozart Carvalho (os três do RJ).

As fotos explicam melhor nossas emoções incontáveis.

Feliz aniversário de um ano, CPI, nossa doce menina sapeca, precoce, corajosa, obstinada! Vencedora!












Nada melhor que lançar um livro de poemas com nossos irmãos da poesia!











Decoração primorosa, feita com carinho e com afeto para colorir os olhos dos que nos abraçam!












Apresentação maravilhosa de Sérgio Gerônimo e Mozart Carvalho
TÁ TUDO PACIFICADO!!!








E o João Fernandes, do BAR, nos brindou com magnifica apresentação.




E as nossas declamações (com depoimentos)



"Irmandade, Confraria!
Para os que creem, caminho!
Não há de seguir sozinho
um só filho da poesia,
um só coração diamante
que bebe da transbordante
fonte que não reluzia
antes de sabermo-nos parte
desse escritório de arte
batizado Confraria!!!"














 "Gostaria de compartilhar minhas impressões do último sarau que tivemos. Particularmente, o sarau foi de uma riqueza cultural maravilhosa, forte e intensa . Quieta no meu canto, pude observar e absorver preciosidades poéticas e culturais de diferentes trupes que vieram nos visitar e deixar sua essência. frases que marcaram:
" ....tá tudo pacificado..".
"...a poesia nos salva..."
Conheci també um artista de circo que estava encantado com tudo que estávamos realizando. Eo poeta que recitou um poema expressando o simples desejo do artista em ter um espaço pra fazer sua arte? Expressou exatamente a falta de apoio das autoridades.
E nós, os confrades? Recitamos nossos poemas com uma platéia atenta e interessada. Tudo isso me fez pensar o seguinte, a cultura é dinâmica e a poesia reverbera sua força.Une teatro, circo, música e a vida.
Viva a poesia e a cultura, pois ela nos salva."
















Momentos!



























2 comentários:

Ivone Alves SOL disse...

Parabéns pela comemoração do 1º ano da Confraria! Essa CPI tem haver sempre! (rs) Somos de Salvador e estamos morando aqui em Petrópolis desde maio. Somos escritores - eu poetisa e meu marido tem livros sobre Historias e comportamentos. Achamos interessante o trabalho de vocês, pelo que vimos no Blog. Será um prazer conhecermos pessoalmente. Abraços, Ivone Sol e Almir Tosta.

Almir Tosta disse...

Informe-nos dos próximos encontros poéticos.

Abraços,
Almir Tosta e Ivone Sol